Loading...

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Lixo é a tua tia, pá!



Há dias que não sei sobre o que escrever. Há outros em que só me apetece dizer mal. Usar a má-língua para arrear com fartura nesta maré de gente amorfa que me cerca. Empresários sem projecto, funcionários públicos sem orgulho, uma multidão de gente adormecida. Zombies.

Olho para trás e vejo o meu trajecto de vida. Apetece-me contar histórias. Verídicas. Vividas na primeira pessoa.

Felizmente, desisto a tempo.

Quero continuar a manter este Blogue anónimo. Esta é uma aventura minha, só compartilhada com os amigos mais próximos. Pessoas que comigo partilharam alguma experiência. Com quem tenho alguma história em comum.

Depois, quase como se o mundo tivesse sentido esta minha angústia, recebo de alguém alguma coisa fantástica, chocante ou simplesmente engraçada que vale a pena partilhar ou comentar.

Ontem um dos meus filhos "velhos" (o 2º na cadeia cronológica), enviou-me este spot verdadeiramente extraordinário.

Não sei quem o fez, mas foi seguramente uma equipa de bons criativos. Parabéns pelo timing oportuno, e pela soberba qualidade da ideia e da concepção.

Sem comentários:

Enviar um comentário