quarta-feira, 29 de junho de 2011

Teoria da conspiração

A América em Outubro de 2008, em plena crise do “subprime” (sector imobiliário) tinha a surpreendente divida de US$ 9.203.242.819.690 (9.2 triliões de dólares). A China controla 21% da sua dívida pública (cerca de 2 triliões de US$). 

O dólar desvalorizava-se. 

O Euro afirmava-se como uma moeda estável, sem grandes flutuações, aumentando assim a sua credibilidade a nível mundial. Vislumbrar-se a possibilidade desta poder vir a substituir o dólar nos negócios internacionais, nomeadamente no do petróleo.

Se isso acontecesse poderíamos assistir ao colapso da moeda americana. 

Os USA e a China (que veria desvalorizados os seus activos) tinham de tomar medidas imediatas. Não poderiam deixar que isso acontecesse…

Será que isto é apenas uma hipótese surreal?
Será a sinopse de algum filme de Hollywood?
Será que as maiores empresas de rating internacionais (Fitch , Moody´s e Standard & Poor´s) não seguem uma determinada estratégia?  
Será que isto não passa de uma teoria da conspiração?

Será que…?

Talvez. Mas todos os dados, todos os factos, me deixam em dúvida…
Em toda esta história, se há inocentes, esse são, sem dúvida, os cidadãos anónimos.

Sem comentários:

Enviar um comentário